A importância da agricultura orgânica para o desenvolvimento sustentável

Agricultura orgânica

À medida que a população global começou a crescer rapidamente, surgiu a necessidade de uma abordagem mais sustentável na produção de alimentos realizada pelo setor do agronegócio. A agricultura orgânica é uma prática essencial diante dessa realidade, contribuindo para que produtores adotem uma postura ambientalmente responsável e economicamente viável.

Práticas agrícolas insustentáveis, voltadas apenas para rendimentos mais elevados, colocam pressão adicional sobre questões globais, como mudanças climáticas, perda de biodiversidade, erosão do solo, poluição de recursos naturais, dentre outros. Para evitar todos esses problemas ambientais, a agricultura orgânica é o melhor caminho a ser adotado.

Continue a leitura e saiba mais sobre sua importância para um mundo mais sustentável!

Por que a agricultura orgânica é tão essencial?

A agricultura orgânica, também chamada de agricultura sustentável, é pensada com o intuito de proteger o meio ambiente, preservando os recursos naturais ao mesmo tempo em que proporciona qualidade dos alimentos produzidos. 

Como uma prática de gestão agrícola totalmente natural e sustentável, a agricultura orgânica é baseada em valores únicos. Ou seja, não é apenas uma prática agrícola, mas também uma filosofia de trabalho em conjunto com a natureza. Com uma abordagem holística de gestão agrícola, a agricultura orgânica visa criar um sistema de produção de alimentos social, ambiental e economicamente sustentável.

Além de preservar os recursos naturais, a agricultura sustentável beneficia o meio ambiente, ajudando a manter a qualidade do solo, reduzindo a erosão e preservando a água. Para manter um estilo de vida sustentável, os agricultores se concentram em determinados critérios para competir com as práticas atuais de sustentabilidade. 

Mais precisamente, a agricultura orgânica se baseia no gerenciamento do agroecossistema, ao invés de depender de insumos químicos, como pesticidas e fertilizantes minerais, aditivos e organismos geneticamente modificados.

Princípios da agricultura orgânica

A agricultura orgânica pode variar de país para país, mas possui alguns princípios universais comuns. São eles :

  • Princípio da saúde: afirma que a agricultura orgânica se destina a proteger e melhorar a saúde de todos os organismos (isso inclui microrganismos do solo, bem como humanos).
  • Princípio da ecologia: se baseia no fato de que a agricultura orgânica deve proteger e beneficiar o meio ambiente (paisagem, clima, habitats naturais, biodiversidade, ar, água e solo).
  • Princípio da justiça visa proporcionar uma gestão social e ecologicamente adequada dos recursos ambientais, bem como fornecer um fornecimento suficiente de alimentos e outros produtos de qualidade.
  • Princípio do cuidado: enfatiza a precaução e a responsabilidade como as principais preocupações no manejo da fazenda orgânica.

Como tornar suas práticas agrícolas mais sustentáveis?

Os agricultores orgânicos devem prezar pela responsabilidade ambiental, preservando os recursos naturais mais importantes e protegendo o meio ambiente para as gerações futuras. Portanto, é preciso buscar práticas sustentáveis para gerenciar a produção agrícola. Algumas práticas importantes são:

  • Rotação de cultura: usada para manter a fertilidade do solo e para melhorar a proteção da cultura contra várias pragas.
  • Gestão de nutrientes orgânicos: com base na melhoria da matéria orgânica do solo por meio de adubação, compostagem ou cobertura morta.
  • Cultivo de plantas de cobertura: uma prática benéfica para o controle de pragas de insetos e ervas daninhas, evitando a erosão do solo, bem como melhorando o teor de nutrientes no solo.
  • Medidas preventivas de proteção à cultura: tais como escolha de variedades resistentes, adaptação de plantio ou semeadura e época de colheita.
  • Remoção de ervas daninhas: é uma prática não química de manejo de ervas daninhas, sem o uso de defensivos agrícolas.
  • Desinfestação anaeróbica do solo: elimina ou reduz as pragas transmitidas pelo solo

Fertilizantes orgânicos como aliados da agricultura orgânica

Além de todas as práticas citadas acima, Praterra, um produto rico em matéria orgânica e ácidos orgânicos, com diversidade de carbono, promove aumento da capacidade de retenção de umidade pelo solo, melhora o ambiente onde foi aplicado, melhora a atividade biológica do solo, auxilia a disponibilização dos nutrientes às plantas. Além de oferecer maior fixação do fósforo, sendo um fertilizante mais eficiente que os convencionais. A eficiência e a sustentabilidade em um só produto. 

A Terra de Cultivo possui o selo ISO 14001, que é a maior confirmação de competência em gestão ambiental do mercado. Possuímos, ainda, a certificação IBD de insumos orgânicos, que atesta a qualidade da matéria orgânica recebida e da rastreabilidade envolvida em nosso processo de compostagem. Tudo isso faz com que sejamos uma empresa totalmente regulamentada, inspirando credibilidade e confiança em nossos parceiros.

Conheça nossos produtos e saiba como você pode aumentar a produtividade da sua lavoura e contribuir com a agricultura orgânica.

    

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Desenvolvido por : produzdigital.com.br