Lixiviação do solo: como evitar o problema e reduzir a perda de nutrientes

lixiviação do solo

A lixiviação do solo é um desafio comum na agricultura, especialmente em regiões com solos tropicais e equatoriais, devido às chuvas mais abundantes e intensas. O problema pode representar um entrave à produtividade agrícola, comprometendo o crescimento e desenvolvimento de diversos tipos de culturas.

Em épocas com maior incidência de chuvas, como no verão, a atenção dos produtores deve ser ainda maior. Para evitar qualquer tipo de comprometimento da lavoura, é necessário adotar técnicas de manejo específicas e apostar em insumos que ajudem a reduzir a ação da lixiviação do solo.

Neste artigo, você irá descobrir como evitar o problema e aumentar as chances de garantir uma lavoura saudável e produtiva. Acompanhe!

Como ocorre a lixiviação do solo?

A lixiviação do solo pode ser definida como o movimento de materiais solúveis na matriz do solo pelo efeito da água que escorre e causa erosão ou a água que infiltra no solo em direção ao lençol freático.

Esse efeito tem como causa principal a chuva em excesso. Quando a água entra em contato com o solo desprotegido, ocorre um processo de destruição de agregados em partículas primárias. E quando a água excede a capacidade de infiltração do solo, provoca o escorrimento superficial e carrega as partículas mais finas de solo e qualquer material na superfície, como a matéria orgânica, calcário e fertilizantes.

Como as enxurradas provocadas pelas chuvas carregam os materiais superficiais do solo para as áreas mais baixas, o processo de lixiviação tem maior impacto em regiões com declividade acentuada. 

Quais as consequência da lixiviação para o desenvolvimento das culturas?

A perda de nutrientes das camadas superficiais é o principal impacto da lixiviação para a produtividade agrícola. Quando os nutrientes não são recuperados, as águas da chuva acabam por levá-los para lençóis freáticos ou camadas mais profundas onde a maioria das culturas não conseguem chegar. 

A perda nutricional acontece, sobretudo, porque grande parte dessas fontes são muito solúveis e sofrem uma rápida disponibilização no solo. Assim, os nutrientes que não são  absorvidos de maneira imediata ficam mais suscetíveis a serem levados para as camadas mais profundas do solo.

O resultado pode ser observado em problemas comuns causados pela deficiência nutricional das plantas, como:

  • estagnação do crescimento;
  • menor resistência à pragas e doenças;
  • desenvolvimento inadequado;
  • falta de capacidade para atingir o potencial produtivo;
  • dentre outros.

Além disso, o solo lixiviado tem sua capacidade de armazenamento de água reduzida, aumentando o risco de estresse hídrico das culturas durante os períodos de seca. Por fim, a lixiviação também pode comprometer a capacidade produtiva do solo, reduzindo sua qualidade e tornando-o menos fértil.

Como evitar a lixiviação do solo?

A lixiviação do solo pode ser evitada com algumas medidas simples. Veja o que você pode fazer:

Mantenha o solo sempre coberto

Manter o solo sempre coberto com plantas e resíduos de culturas dificulta a infiltração e retenção da água nas camadas superficiais, além de preservar a matéria orgânica nessas camadas do solo. Também é importante nunca arar ou gradear o solo e fazer a rotação anual de culturas ou de culturas com pastagens.

Utilize fertilizantes organominerais

Os fertilizantes organominerais são compostos ricos em matéria orgânica, que por sua vez, ajuda a liberar os nutrientes de forma gradativa, disponibilizando-os durante todo o ciclo produtivo das culturas. Ajudam, ainda, a reduzir a perda de nutrientes devido à complexação da matéria orgânica.

Os organominerais também estimulam a proliferação de microrganismos que irão atuar na solubilização dos fertilizantes minerais e aumentarão a taxa de mineralização, contribuindo para a liberação de mais nutrientes para as plantas.

Graças à a maior capacidade de fixação e disponibilização de nutrientes, os organominerais retêm os nutrientes com maior eficácia e evitam a perda de nutrientes pelo processo de lixiviação.

Está em busca de mais produtividade para sua lavoura? Não corra o risco de haver perda de nutrientes ou deficiência nutricional em sua produção. Conheça nossos organominerais e garanta uma colheita altamente produtiva e lucrativa!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Desenvolvido por : produzdigital.com.br