Culturas de inverno: como aumentar a produtividade da lavoura?

Culturas de inverno: como aumentar a produtividade da lavoura?

Com a proximidade das baixas temperaturas ocasionadas pela estação mais fria do ano, as culturas de inverno se mostram como importantes alternativas para aumentar a rentabilidade de pequenos, médios e grandes produtores. 

Muitos agricultores costumam apostar no milho como a melhor opção para substituir as culturas de verão, mas o plantio sucessivo nem sempre é a alternativa mais lucrativa e vantajosa. 

Com boas práticas e insumos de qualidade, é possível obter alta produtividade e rentabilidade com as culturas de inverno. Continue a leitura e saiba mais!

Por que apostar em culturas de inverno?

As culturas de inverno são bastante eficazes para melhorar a eficiência do sistema de produção como um todo. Como cada espécie possui uma demanda nutricional diferente e potencial de competição maior com algumas espécies de plantas invasoras, é possível preservar a capacidade produtiva do solo e aumentar a tolerância a patógenos e pragas.

A inserção destas espécies no sistema produtivo também contribui para a redução dos custos de produção das culturas de verão, sobretudo com o uso de herbicidas. Além disso, ocorre uma melhoria nos atributos físicos, químicos e biológicos do solo, garantindo importantes benefícios para a produtividade da lavoura, como:

  • Redução do risco de erosão;
  • Maior estabilidade e dinâmica de nutrientes no solo;
  • Maior capacidade de conservação de água no sistema;
  • Auxílio no processo de mineralização de nitrogênio no solo;
  • Manutenção do potencial biológico do solo.

Como escolher a melhor cultura de inverno?

Existem diversas gramíneas, oleaginosas ou leguminosas que podem ser plantadas como culturas de inverno. No entanto, a escolha da espécie da segunda safra sempre deve considerar a cultura semeada anteriormente no verão.

O ideal é optar por culturas de inverno com características diferentes da cultura de verão, uma vez que o sistema de produção sofrerá menos impactos com a especialização de doenças, pragas e ervas daninhas.

Os diferentes tipos de solos e condições climáticas também impactam diretamente na escolha das culturas de inverno. É preciso analisar as particularidades de cada região para definir a melhor espécie a ser cultivada, visando a máxima qualidade, produtividade e rentabilidade da lavoura.

Na região sul, culturas que se adaptam a menores temperaturas são mais indicadas. Por isso, culturas como trigo, aveia ou centeio são recomendadas para o cultivo após a plantação de verão. 

No sudeste e em regiões com maior déficit hídrico e temperaturas mais elevadas, algumas opções indicadas são sorgo, feijão, girassol, crambe e até mesmo variedades de trigo mais resistentes.

5 dicas para o sucesso da sua lavoura de inverno

Para garantir que as culturas de inverno sejam realmente saudáveis, produtivas e rentáveis, é preciso adotar práticas de manejo e utilizar insumos que favoreçam o desenvolvimento das plantas. Veja o que você pode fazer!

Escolha sementes tratadas e certificadas

Observar as características agronômicas e a resistência às doenças das sementes escolhidas é uma etapa essencial para alcançar o sucesso das culturas de inverno. Essas características podem ser obtidas em sementes tratadas e certificadas. Também é importante priorizar cultivares com melhor sanidade e uso eficiente de nutrientes, sempre considerando o ambiente, clima e solo para garantir que a cultivar seja adequada à sua região.

Use a palhada da safra anterior

Durante o inverno, a ocorrência de geadas ou de noites muito frias são bastante comuns em algumas regiões do país. Nesses casos, é recomendado utilizar a palhada da safra anterior como cultura de cobertura para garantir maior proteção ao solo e minimizar o risco de perdas na plantação.

Utilize semeadoras de fluxo contínuo

Algumas espécies de culturas de inverno, como trigo, aveia, cevada, necessitam ser plantadas como semeadoras de fluxo contínuo. Como o próprio nome diz, essas máquinas apresentam sistema de distribuição de sementes de forma contínua, com espaçamento entre linhas reduzido, possibilitando o plantio adequado.

Invista em fertilizantes de alta qualidade

Por mais que as culturas de inverno sejam mais resistentes às baixas temperaturas, é de fundamental importância aplicar fertilizantes de alta qualidade no solo. Além de melhorar a fertilidade do solo, esses insumos cumprem o importante papel de garantir a nutrição adequada, correto desenvolvimento maior resistência e melhores condições para resistir às circunstâncias menos favoráveis. 

Quer contar com insumos de qualidade para sua plantação? A Terra de Cultivo desenvolve fertilizantes organominerais com matéria orgânica selecionada, apresentando eficiência aumentada que melhora a produtividade e traz mais vida para o solo.
Nossos produtos ainda potencializam a ação microbiana, disponibilizam mais nutrientes e apresentam maior rendimento, reduzindo, em até 20%, o uso de fertilizantes químicos. Conheça melhor e solicite seu orçamento com um consultor!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Desenvolvido por : produzdigital.com.br